Tecnologia do Blogger.

04/12/2009

Não basta ser solidário, tem que incentivar!


Se tem uma coisa que aprendí com meus familiares, é ser solidário. Isso não se resume a fazer doaçoes em períodos natalinos ou especiais. Ser solidário é se DOAR, sempre que possível.

Quem assistiu ao filme “A Corrente do Bem” (Pay it Forward, 2001) e também se desidratou em lágrimas, vai entender o que quero dizer. Precisamos fazer MAIS...e sempre MAIS.

Nesse Natal, faça diferente. Você não precisa de uma calça, tênis ou perfume novo. Seus sobrinhos, filhos e netos não precisam de mais brinquedos. ENSINE a eles o que é ser SOLIDÁRIO

. E ano que vem, teremos mais e mais pessoas fazendo o mesmo.

Ano passado fui até a loja Central dos Correios e peguei diversas cartas escritas por crianças, enviadas ao Papai . Comprei os presentes e embrulhei, conforme pede a ocasião natalina. Na noite de celebração, na troca dos presentes, pedí para que todos (pai, mãe, irmãos, sobrinhos, etc) NÃO abrissem, e lessem primeiro a carta que anexei.

Segue abaixo a carta:

Cartão de Natal

Em tempo de crise talvez seja a hora de refletir sobre o significado do Natal.

Para aqueles que acreditam, é um momento religioso de grande importância. Para os que não acreditam, é um momento de reunião, da família e amigos. Qualquer significado dado a este período do ano têm seus benefícios, menos o “comercial”.

Transformar o Natal em época de “consumismo” foi um trabalho que levou anos e anos, com grandes investimentos de marketing. O simbolismo se perdeu aos poucos e o consumismo fagocitou essa festa. Natal passou a ser sinônimo de vendas e de comércio.

Com a economia mundial nesse caos eminente, talvez seja a hora de se questionar um pouco esse consumismo e rever alguns princípios. Comemorar o natal,pode ser, dar uma simples lembrança, ou um simples cartão. É o momento de demonstrar a alguém um carinho especial, que não aumenta de acordo com o valor do presente. Um presente de R$5,00 ou R$500,00 deve ter o mesmo valor: a lembrança de que alguém zela por você.

Na hora de comprar o presente, sempre pensamos no que a pessoa irá gostar, ou que deseja, ou, principalmente, algo que ela nao “tenha”, ou “precise”. Optamos esse ano por dar de presente algo que TODOS NÓS precisamos: Solidariedade!

E SE alguém, por UM MOMENTO, pudesse realizar o SEU MAIOR DESEJO como isso seria para você? Se um gênio da lâmpada aparecesse na sua frente, e te desse UM desejo, como voce se sentiria? Adultos podem desejar carros, fama, dinheiro, objetos....mas crianças tem sonhos mais palpáveis.

Cada um de vocês recebeu anexo, a este carta-cartão, uma cartinha de Natal. Essas foram escritas por crianças carentes da Grande Florianópolis, e entregues nos correios. Cada uma delas contêm um desejo, um sonho, algo que para eles pode ser considerado “utópico”, mas que está ao nosso alcance. O presente que você recebeu não é este lindo embrulho. Este pertence a esta criança da carta, e VOCÊ irá entregar.

Nosso presente a VOCÊS é este: a sensação de ter feito o Natal de alguém muito especial. Nosso presente a vocês é ser o “gênio da lâmpada” de uma criança carente e ajudar a manter o espírito do Natal, seja qual ele for, aceso. E que no próximo Natal, você repasse essa idéia.

Feliz Natal

Tios D. e R.

6 comentários:

Sandra Kautto disse...

E assim deveria ser o Natal!

Anônimo disse...

Edu, não consigo comentar, não só pelo texto maravilhoso, como pelo exemplo que deve ser seguido.
Valeu!Grande idéia.
Vamos tentar segui-la.

Lua♥do♥Solzinho® disse...

Nossa! Taí um texto BEM escrito sobre o Natal que realmente capta e transmite o espírito natalino. Parabéns pelo texto e, por que não pela atitude com as cartas?! É um belo gesto de solidariedade e me alegra saber que AINDA há no mundo pessoas com essa mentalidade, como você.

by: @luadosolzinho

uhugalera disse...

Hi, Edu...

Caracas! Que lindo post!...

Mas, veja como é a vida...

Ainda há pouco, lendo um texto de nosso amigo Bauru, quase não consigo fazer um comentário, de tanto que ria. Agora, deparo-me com este seu texto e, mais uma vez tenho que "dar um tempo" (Parei Twitter, parei tudo) para fazer este comentário, de tão emocionado!...

Verdadeiramente, se todos nós seguíssemos este seu belo exemplo, que Natal maravilhoso tantas outras pessoas carentes teriam, amigo!

(Li este seu post há mais de 20 minutos, e só agora, devidamente controlada a emoção, estou conseguindo comentá-lo. Verdade!)

Um ótimo exemplo a ser seguido!

P.S.: Ah, graças a este post você escapou! NÃO vou mais tentar trucidá-lo, no Twitter! kkkkk

[]’s @inaciorolim

Yasmin disse...

Que lindo...
21 de abril de 2010 16:42

Postar um comentário

Escreva o que quiser, mas lembre-se que não sou um vaso sanitário :)

  ©Inconsciente Aberto - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo