Tecnologia do Blogger.

31/08/2009

Matéria muito importante

Depois de um longo dia de trabalho, uma pausa na elaboração de uma aula para algo muito importante.


Faço parte de um Network de pessoas muito antenadas, ocupadas e preocupadas com o jornalismo nacional e que preza pela qualidade da notícia, e nao posso deixar de divulgar este vídeo que recebí por email.

É de suma importância para a economina nacional e todos precisam tem acesso a essa excelente matéria televisiva.

Viva o jornalismo verdade!

Essa água de Côco deve ser a mesma servida na Fazenda ou servida antes do Hino Nacional
video

Leia mais...

30/08/2009

Os Twitteros em Uma Terapia de Grupo

Se todos do twitter fossem colocados em uma sala, de terapia de grupo, como pacientes, algumas coisas interessantes apareceriam, dignas dos fenômenos grupais..... Como entender essa febre e o interesse dos usuários?

A febre do Twitter tem algumas explicações. Compilei algumas coisas interessantes que recebi via web em um único post.





Pra entender melhor, a "teoria" dos 7As" (http://socialmediablogster.com/?p=284) explica o que , psicologicamente falando, as pessoas querem nas mídias sociais.

1) To be Acknowledged.

2) To Gain Attention.

3) To Be Approved Of.

4) To Be Appreciated.

5) To Be Acclaimed.

6) To Feel Assured.

7) To Be A Part Of.

A RBW COMUNICAÇÃO (Brasília - DF) fez uma dublagem de um ótimo vídeo. Encontra-se no youtube.

http://www.youtube.com/watch?v=yfJB2XmH2a0

Entenda o pq de tantos "perdidos" online e da histeria coletiva q rola em alguns momentos. Infelizmente não conseguí fazer upload do vídeo.

[s]


Leia mais...

28/08/2009

O que é ser Pai?


Esse meu blog é mais voltado para o sarcasmo e desabafos, mas vou usá-lo de maneira diferente hoje.

Ontem em uma brincadeira no Twitter, colocaram um link de um Blog com uma suposta “moda para pais gays”. Perguntaram minha opinião, e depois disso, “choveram” perguntas, DMs e e-mails, de pessoas curiosas sobre essa tal "paternidade".

Percebí que as dúvidas não são muito diferentes das que se apresentam em consultório, qnd pais se questionam se estão sendo “bons ou não” como tal. Sempre relembro que ser pai (ou mãe) não é uma profissão, não é um instinto...é um DESEJO. Isso quer dizer que nem todos podem ou devem ser, pois exige uma capacidade máxima de doação egóica. Não existe manual com regras básicas e orientações para isso, mas se formos guiados pelas nossas pulsões, e essas forem verdadeiras, tudo tende a dar certo.

Vou reproduzir parte do texto que escreví no dia em que meu “curumim” caiu de uma núvem no meu colo, inesperadamente, e me ví em uma nova posição que jamais pensei que fosse assumir. Saí de uma matrix para entrar em outra, que jamais achei que pudesse existir. Não há resposta universal para a pergunta título do post. Esta aqui é a minha:

Quem sou? PAI, Psicólogo, PAI, Psicanalista, PAI, Escritor, PAI, amante da vida, PAI, PAI, PAI....(acho que dá pra perceber que minha maior paixão é ser mesmo "pai")

HOJE me defino como “Bridget Jones – The Edge of Reason” (2004). Depois dos 30, porém, sem as crises existenciais da personagem. Depois de 30 anos, encontrei duas pessoas perfeitas para dividirem comigo os próximos anos e aventuras.

Aventuras diferentes daquelas que tive nos anos de “juventude”. Desta vez, troco as viagens, passeios, baladinhas e festas por “coisas” diferentes. Uma troca difícil, que exige reflexão, mas muito melhor.

Troquei a cerveja da balada por uma mamadeira de Leite Nan. Troquei as roupas caras da Colcci ou Calvin Klein por fraldas descartáveis. Troquei os perfumes franceses pelo cheiro de colônia de bebê. Troquei as baladas notunas por EMbaladas noturnas em uma rede. Troquei as tecnologias que tanto amo, por produtos de plástico (mamadeira, chupetas, brinquedinhos). Troquei as “chegadas” pela manhã em casa – depois das festas, pelo ACORDAR de manhã bem cedo, para ver um sorriso capaz de iliminar um mundo (pelo menos o nosso)

Troquei todos os sentimentos e sensações que conhecia por uma que jamais imaginei que tivesse tanta força e intensidade: o amor incondicional!!

Algumas pessoas foram cúmplices e responsáveis por essa troca, e a elas, serei eternamente grato por me mostrarem que a capacidade humana de amar não tem limites (mesmo).
Se hoje mudei algo? Acredito que sim. Não tem como não mudar algumas visões de mundo depois que um ANJO caí em sua vida, seja ele da maneira que vier.

O meu anjinho da guarda “buda” chegou para me mostrar algumas coisas e a cada HORA percebo mensagens e ensinamentos que veio me trazer. Uma mistura de indiozinho com japonês, que para mim, será o eterno contingente e todo o amor que sou capaz de dar. Acho que ELE veio para cuidar de nós, e não o contrário.

Ainda acredito que a felicidade vêm com a maturidade. É na estabilidade [financeira, afetiva, profissional, etc] que reside a formula para ser feliz. Quando você percebe que o que busca no Outro é apenas algo que falta em voce mesmo.....essa busca incansavel se torna menos angustiante, e a falta se faz concreta e aceitavel, e dá vazão para o sentimento de felicidade. Ou seja, ser feliz é SE aceitar como pura falta, puro desejo...e saber que esse desejo de ser/ter completo é algo inerente a nossa condição humana, e jamais sera saciado, nos possibilita curtir melhor a vida.

Na base de tudo isso esta a familia....familia que muda totalmente de perspectiva com a chegada de novas gerações. Filhos, sobrinhos, netos...who cares? Nao importa o grau de parentesco...o que importa é saber que alguem fica aqui depois de você, e seus atos terão sempre consequencias nas vidas deles.

Acredito que nao deva existir melhor ou maior [se é que se pode mensurar] sentimento do que saber que um novo/uma nova membro[a] da familia esta para chegar, ou olhar para rostinhos angelicais e ver que parte de voce está alí, mesmo que essa parte seja pequenina.

Ter um dia estressante de trabalho é super comum...mas não tem nada que um sorriso inocente nao derrube e mude seu humor.


Hoje digo que tenho ALGUNS "joanetes" nos meus pés, minha família, pois sinto eles a cada passo que dou, e penso e repenso sobre as consequencias de quaisquer atos meus. É o mínimo que podemos fazer, quando amamos incondicionalmente.

E que sua majestade, o bebe, reine na vida daqueles que se aveturarem por este mundo incansável de afetos que é a paternidade.

Não dá pra continuar o texto...senão, meu teclado vai queimar....

[s]


Se quiser ler mais sobre....

Filhos e o traçado do Afeto

http://eduhonorato.wordpress.com/2009/03/

Leia mais...

27/08/2009

As Cele-brio-dades feridas no Coliseu (Twitter)

A mídia acompanhou recentemente o bafáfá, ou #mimimi, envolvendo a apresentadora Xuxa e sua filha Sasha, no Twitter. Não foi a primeira e nem será a última a passar por situações como essa (#mimimi....rs)

Este episódio me fez recordar os anos 90, quando eu trabalhava em um provedor de internet. Havia um “burburinho” de que empresa que quisesse se manter no mercado, TINHA que ter um website. Foi uma corrida doida. Era a época do “E-commerce” e difícil explicar algo para uma população ainda não tão digitalizada como era o Brasil.

Tínhamos desde site de Motel até de Associação de moradores. Não vendiam nada...apenas “se mostravam”. Muitos permaneceram, mas muitos morreram com o tempo, pois se tornaram apenas um gasto extra para estas empresas.

Acho que o mesmo está acontecendo agora com as “celebridades”. De uns tempos pra cá, houve uma corrida ao Twitter, como se para manter a fama, ou manter seu sucesso, o este fosse peça fundamental para suas carreiras. Vou destacar um parágrafo de um texto que escrevi com a amiga Denise Deschamps em nosso blog “sério” (sim...esse aqui é só pra bobeiras mesmo)

“Cada um mostra aquilo que é e que tem de melhor – nesse momento, e caberá ao público realmente perceber se vale a pena continuar assistindo ou dando importância para uma ou outra celebridade. Assim como a dança das cadeiras na tv que tivemos recentemente, teremos dança das cadeiras das celebridades, onde algumas ganharão maior importância e outras cairão, pois quebou-se parte da fantasia do ídolo.

Daudt deixou claro que esse imáginário popular sobre a celebridade pode passear entre “amor e ódio”, no melhor sentido Kleiniano possível, e essa fantasia que se tem sobre um ídolo pode ser quebrada por uma simples exposição desmedida. Talvez o Twitter nos mostre quem realmente as pessoas são, e sejam admiradas pelo seu talento, pelas suas habilidades, e não pelas embalagens e roupagens que ganham pela mídia.

Sim, ser celebridade é ser um “produto”, é transformar-se nele e colocar à venda. Esse produto pode ser desde o seu talento musical, seu carisma até mesmo seu corpo. Nada de errado nisso. Porém, o que mantém esse “ídolo” como tal é também o DISTANCIAMENTO que ele tem de nossa realidade.

Com certeza, se a Madonna fosse minha vizinha e vivesse cantando no banheiro, eu já teria feito uma reclamação a síndica, afinal, ela é desafinada (opinião de um fã). Porém, é um produto espetácular e um dos melhores já criados até hoje. Se chegarmos “perto” demais desse ídolo, a magia pode ser quebrada e o “Castelo de Cristal” pode sofrer rachaduras e abalar “sua” estrutura. (nossa...como fui venenoso nessa frase....)

A questão é....o Twitter é como o Coliseu, e se colocar nessa sabatinagem, para ser adorado ou massacrado pelos seguidores requer uma reflexão bem grande antes.

Quer ler algo mais sério?

Prazer, Eu sou um Produto – Quer me comprar?

http://eduhonorato.wordpress.com/2009/01/31/prazer-eu-sou-um-produto-–-quer-me-comprar/

O Que pode estar acontecendo na Twitterlândia Brasileira

http://eduhonorato.wordpress.com/2009/07/14/o-que-pode-estar-acontecendo-no-twitterlandia-brasileira/

Amy Winehouse – Vitima?

http://eduhonorato.wordpress.com/2008/07/31/amy-winehouse-vitima-por-eduardo-honorato/

Susan Boyle e o Show de Truman vai começar

http://eduhonorato.wordpress.com/2009/06/03/susan-boyle-–-e-o-show-de-truman-vai-comecar-por-eduardo-j-s-honorato-e-denise-deschamps/

Mito e Idolatira. Michael Jackson

http://eduhonorato.wordpress.com/2009/06/28/sobre-michael-–-vida-morte-e-show-por-eduardo-j-s-honorato-e-denise-deschamps/


Imagem 1 - http://www.osvigaristas.com.br

Leia mais...

26/08/2009

Aspesctos Psicológicos das Mídias Sociais

Ontem dei uma aula sobre esse tema, retomando desde os primórdios da Internet e meus trabalhos de pesquisa, sobre mirc, icq, msn, orkut, etc. Abordei as questões pulsionais "escondidas" em cada tipo de interação.

Aos alunos desta disciplina, fica aqui a dica de blog, um dos mais interessantes que conheço e visito diariamente.

Quem quiser seguir a Rosana, o perfil dela no twitter é @rosana. Para me achar, basta colocar @eduhonorato.

Aos que desejarem assistir de novo o vídeo, posto ele abaixo.

[s]


video

Leia mais...

24/08/2009

Os “malas virtuais” no Twitter

Escreví com uma grande amiga um artigo há alguns anos, sobre os Fakes no Orkut. (http://www.cinematerapia.psc.br/perversoorkut.php). Aprendí no Twitter que nem todo Fake é ruim. Alguns são divertidos, descontraídos e querem mesmo é pura diversão.

Porém, hoje, vemos a mesma coisa acontecendo no twitter com alguns fakes "malas virtuais". Pessoas chatas, possivelmente adoecidas e que usam a ferramenta para pertubar e encher a paciência de quem tem o desejo REAL, de interagir e se divertir.

O interessante é perceber que a dinâmica é mais ou menos a mesma.....se aproximam, às vezes fazem elogios, e depois vêm as cutucadas. Para cada mensagem, esperam uma resposta, com outra já pronta. É um jogo de Xadrez para te tirar do sério. Só que agora ficou mais “fácil”, pois podem atacar diretamente aquela pessoa pública, celebridade, ou desafeto.

A maneira mais simples de lidar com essas pessoas é usar a melhor ferramenta existente no twitter: o BLOCK. Não perca seu tempo dando respostas, retrucando, se explicando, pois É DISSO QUE ELES SE ALIMENTAM. No primeiro contato desse tipo, bloqueie logo e não se estresse.

Essas pessoas, doentes, se alimentam em estressar você, em ver que você se sentiu incomodado com o que fora escrito ou comentado. Cada vez que se retoma o assunto ou se cita tal situação, a pessoa GOZA do outro lado, pois conseguiu o objetivo: te irritar.

Portanto, faço o inverso e GOZE você primeiro, dando um block, não avisando, não informando e impedindo que esses malas estraguem seu dia.

Dê o prêmio de mala virtual para aquele chato que te segue e vive enchendo o seu saquinho digital!


Leia mais...

21/08/2009

A Dança das Cadeiras

Somos um povo divertido e brincalhão e isso é conhecimento mundial. Somos alegres, gostamos de carnaval, cerveja e muita música.

A brincadeira preferida em festas de aniversários é a famosa Dança das Cadeiras, e acredito que todo brasileiro já tenha, pelo menos uma única vez, feito parte em uma atividade como essa.

Acho que de alguma forma isso ficou marcado popularmente e transpassamos a brincadeira para áreas mais sérias do cotidiano.

Primeiro foi a dança das cadeiras nas emissoras de televisão, com trocas e trocas de apresentadores. Depois, veio a dança das cadeiras entre emissoras, onde as duas finalistas tentam uma tirar a cadeira para que a outra se estabaque no chão.

Agora, vêm a dança das cadeiras na política, com entradas e saídas de partidos.

Espero que quem leve o tompo dessa vez não seja o povo brasileiro....

Leia mais...

18/08/2009

Arrastaram-me para o Inferno 2x Hoje…

Sim..fui duplamente visitar o inferno hoje, e não há qualquer relação com a briga entre igreja x ibope.

Como hoje é meu dayoff, como de costume, fui ao cinema. Infelizmente, “Bruno” não estava em cartaz ainda e só sobrou “Arrasta-me para o Inferno”( Drag me to Hell). Ví o trailer há algumas semanas e apesar de não ser muito fã do gênero de terror, achei que valeria a pena.

Ao chegar no shopping senti um bafo no pescoço...e nesse sentido, não era nada agradável. Vale ressaltar que me encontro no meio da Amazônia, onde atualmente é VERÃO e as temperaturas passam facilmente dos 40C. Perguntei ao segurança e fui informado que desde DOMINGO o ar condicionado estava com problemas e todos os clientes ganharam de bônus essa sauna, 0800.

Após almoçar fui para o cinema, e um aviso dizia. “Devido a problemas com o AC do shopping, algumas salas encontram-se em temperatura ambiente”. Porrraaaaaa.....ambiente do Saara de camelo é rola! Em um local com a temperatura na qual nos encontramos, “ambiente” é o suficiente para desidratar uma pessoa em menos de 30 minutos. Questionei a atendente e, como eu não havia mijado em uma cruz, a sala na qual eu assistiria o filme o AC estava funcionando. Pollyanamente, achei que estava com sorte.

Pelo horário, 13h, não esperava realmente muitas pessoas. Ótimo! Comentei aqui, recentemente, que odeio pessoas “interativas”. Isso, aquelas que gostam de conversar com os personagens na telona, com frase dos tipo “- Vai....corre....tá alí.....sua burra”. Coisa bastante comum nos dias de hoje. (é a falta de educação habitual do brasileiro).

O primeiro momento no qual fui levado ao inferno, e por incrível que pareça, não encontrei nenhum bispo por lá, foi com o enredo do filme. Pelo amor de Cher...NÃO ASSISTAM ESSE FILME. Acho que até a versão tupiniquim de Ugly Betty consegue ser mais interessante. É BORING demais. Beira o ridículo de tão TRASH. As cenas de luta com a “senhora demônio” parecem as da Amy Winehouse do Pânico. Porém, sem a intenção de serem debochadas. As, no máximo, 12 pessoas que estavam no cinema conosco, riam, riam, riam e não se aguentavam.....achei que estava assistindo a uma comédia mesmo.

Aproveitei o tempo para organizar a mochila, atualizar a agenda, ver os compromissos de amanhã...enquanto a chatice óbvia acontecia. Dava pra prever até as falas de tão banal que o filme se tornou. Porém, como não seria surpresa, as pessoas “interativas” começaram a atuar. Ao fundo, duas meninas ou tinham orgasmos múltiplos ou estavam drogadas, pq davam gritos desesperados como se estivessem sendo esfaqueadas....isso nas cenas onde a personagem principal pedia um aumento ao patrão. Nada de engraçado, de suspense ou qq outra coisa...uma dessas cenas para alongar o filme.

Depois disso, o ápice da minha visita ao mundo de Hades foi quando a porta voz dos infernos resolveu se pronunciar. Sabe aqueles toques de celular de POBRE anos 90...totalmente analógico, que lembram os telefones pré-históricos da sua avózinha? Sim...tocou...tocou...tocou...até ela perceber que era o dela. Como se mais alguém tivesse coragem de usar esses toques nos dias de hoje. Ao atender, a ligação perdurou por mais de 10 minutos.

- “oi fulanaaaaaaaaa... Como ela tá? Já tomou a medicação? Que que o médico disse… Ah.....seii....não me diiiiiiiiiiiiiiiiiiiga. Credo! Olha...liga pra ciclana e diz que beltrano vai lá hoje. E a pressão? Deixa eu falar com ele.....Oi Dr Beltrano....Tá.....blablablablablablablablablablablablabla” - e assim continuou longamente, como se estivesse tomando seu café instantâneo na varanda de casa.

Após alguns minutos, resolvi me levantar e pedir para que ou falasse um pouco mais baixo ou que desligasse o celular, que aquele não era o local apropriado. Claro que usei meu tom Parker Bowles de ser e obtive a seguinte resposta:

- “seu insensível...minha irmã está morrendo no hospital e eu estava conversando com meus parentes que estão lá acompanhando o boletim médico.”

Educadamente pedi então que se retirasse da sala para continuar, já que era algo realmente importante...mas...a conversa continuou até que todo o boletim fosse detalhado pelo telefone. Ao terminar, pegou sua pipoca e resolveu então repetir para sua amiga, tudo o que havia sido passado pelo telefone, de como havia sido a operação de implante de silicones de sua irmã e de com ela se recuperava bem, no quarto. Quase perguntei se ela estava morrendo por excesso de gostosura ou de feiura, mas resolvi manter minha educação britânica.

E nessas horas que eu digo....as vezes é melhor ficar mesmo em casa usando a internet, pois pelo menos você pode selecionar o tipo de pessoas com as quais compartilha esse ambiente. Educação é algo que vêm de casa e não podemos mesmo exigir que todos a tenham. Chegamos a um ponto em que ser mal educado é o padrão, e você se torna chato por exigir que as pessoas não invadam o seu espaço individualizado (que eu chamo de bolha pessoal)

Beijos de algúem que foi e voltou ao inferno duas vezes....e nem sequem um bronzeado pegou.

Leia mais...

17/08/2009

Gafanhotos Virtuais Sejam Benvindos!

Sei que muitos vão me chamar de preconceituoso, de capitalista, neoliberalista....mas...#pronto, vou falar.

Há anos que acompanho os estudos sobre comportamento online e não é de hoje que faço pesquisas também. Estudar essa interação homem e máquina é algo que sempre me deixou intrigado, e não poderia deixar de me transformar em um desses consumidores digitais.

Sempre brinco que estou há anos luz dos geeks, pois preciso esperar o "boom" da ferramenta acontecer, para poder estudá-la melhor. Há alguns anos "têcêcêi"(de TCC) sobre comunidades virtuais (orkut) e a necessidade humana de interação e filiação.

Participo ainda de algumas, mas não tenho mais tempo de pesquisar tanto. Como observador, não deixei de lado meu olhar crítico analítico.

Hoje, percebí, no horário de almoço, um alvoroço no Twitter. Isso pq uma matéria foi veiculada na televisão sobre este microblog. O "medo" geral de invasão tomou conta, e tenho que concordar que não é um medo irreal.

Já lí inúmeras vezes, e desculpem-me por não citar a fonte (foram várias), de que os brasileiros são mesmo considerados "Pragas" do mundo virtual. Invadimos o Orkut, o Facebook, os Games. Transpassamos para o virtual nossa falta de educação do real.

Somos, se não me engano, o segundo país em horas de acesso a Internet, mas com uma desiguldade social tremenda. Faltam escolas (educação), saúde, transporte, etc....e no virtual não deixaríamos de nos comportar da mesma maneira.

Quem lê Levy e Lemos sabe que essa diferenciação entre Real e Virtual não é dicotômica assim. Com isso, os brasileiros roubam nos jogos usando truques. Lotam o orkut com mensagens de spam e comunidades sem utilidade. Invadimos o facebook e não respeitamos o idioma original (inglês). E agora, parece que estamos migrando para o Twitter, com o mesmo objetivo: usar, estragar e depois migrar.

Isso me faz lembrar das maiores pragas já relatadas na história. Não sou biólogo, veterinário, muito menos zootecnista, mas lí no Mr Google que essa espécie, o Gafanhoto, migra normalmente nos meses de AGOSTO E SETEMBRO, destruíndo tudo o que vê pela frente. Chega, destrói e depois migra...e assim segue sua vida. Estamos mesmo no período de migração dos gafanhotos. Será que os virtuais seguem a mesma linha?

Assim temos feito com o virtual, desde os tempos "primórdios" do Mirc. Eu, pelo menos, me lembro de uma briga feia entre Brasirc e Brasnet e as entrolhadas de barracos que aconteceram até então.

Temo que assim será com o Twitter. Em breve teremos milhares de pessoas acessando de lan houses, sem entender o que se faz por "lá". Milhares de pessoas detonando nosso idioma com o "miguxês" e postando fotos de farofadas. Milhares de pessoas se comportando inadequadamente em uma Mídia Social que AINDA tem sido útil, uma vez que o Orkut já foi pro brejo.

Mas isso não é culpa destas pessoas. A inclusão digital é ótima e necessária, mas antes dela o povo precisa de EDUCAÇÃO,e isso, o Brasil não está no topo da lista mundial. É por contradições como estas que escuto de amigos ingleses que somos mal educados, que atrapalhamos os debates nos fóruns, que postamos em port. em foruns em inglês. Não é que não saibamos usar as ferramentas....é que não temos mesmo EDUCAÇÃO.

Que tal fazermos diferente, pelo menos com o Twitter? Se já existe um manual de "boas maneiras twittianas" please, divulguem ao máximo, para que os próximos "miguxos e miguxas" que acessarão este microblog, não estraguem as trocas tão interessantes que ocorrem por lá.

Se o Governo não dá educação REAL, vamos contribuir então com a educação VIRTUAL.

Espero que a Failwhale não faça parte do cardápio dos Gafanhotos Digitais. #hope


Leia mais...

O Jeitinho Brasileiro



Somos conhecidos mundialmente pelo nosso “jeitinho”. Não sei se pq somos muito amigáveis, muito “dados”, ou muito espertos, mas nossa fama já rodou o mundo.

Arrumamos “jeitinho” pra tudo. Pra fila de banco, pra burlar nossa burro-cracia, pra conseguir empregos, pra conseguir se livrar de acusações (políticas), pra estacionar o carro, pra burlar engarrafamento. Sempre tem alguém que conhece alguém que conhece alguém. Fazer o que né?

Pois é...em relação a profissões também.

Eu tenho um humor meio sarcástico mesmo, a lá Britânia (não a fabricante de produtos) e há quem não goste. Tudo bem, podem me chamar então de Camila Parker Bowles. Aprendi muito com esse jeitinho pretencioso e debochado dos ingleses, e who cares? Como disse outro dia o @Dr_Marcelo, o unfollow é a serventia....

Bom..voltando as profissões....Sempre arrumamos um jeitinho de conseguir alguma coisa de graça. Tenho uma amiga dermatologista que depois de anos de indignação, resolveu mudar de tática. Sempre que ia a um casamento ou evento, alguem pedia para ela ver uma “pereba”. Sim, pq segundo ela, todo mundo tem uma “pereba”, nem que seja uma espinha. De saco cheio de ser incomodada em eventos sociais, ela resolveu dizer que é Proctologista. Ninguém nunca mais a incomodou.

Com os profissionais “psi” tb acontece a mesma coisa. Quando sabem que você é dessa área, as pessoas acham que podem contar suas vidas, segredos, pedir opiniões e conselhos. E desculpem-me, mas que dá conselhos é Padre, não psi.

Ontem estava eu TENTANDO assistir ao Progrâma do Pânico, que estava em primeiro lugar de audiência – wohooooo – quando fui dar mamadeira ao meu filho de 1 ano de idade. No mesmo instante toca o telefone celular...(número não constante na agenda...)

- Oi...voce é fulano? (não esperou nem a resposta e começou)....Eu sou amiga da fulana, sua paciente....e meu marido...blablablablablablablablablabla

Por diversas vezes eu tentei interromper e dizer que não poderia falar naquele momento, que estava com uma mão na mamadeira, outra segurando meu filho e que aquela não era hora, nem meio apropriado para se falar sobre isso. Tentei mesmo até pedir para que ligasse para minha secretária, para marcar uma consulta em um horário vago desta semana, mas essa “colega”, que nem sequer se identificou, parecia estar em um surto maníaco e disparava sua história de vida, sem ao menos respirar. Achei até que fosse uma gravação. Acho até que ela deve ser atendente de telemarketing, pq realmente não dava brechas no "diálogo".

Quando meu filho começou a chorar, não pensei duas vezes....interrompí bruscamente a ligação e disse:

- Desculpe...a sra ligou para a pessoa errada.

Ela sem entender nada, disse:

- Mas você não é fulano, psi da ciclana?

E eu, lembrando da minha amiga dermatologista, respondí:

- Não querida, sou COVEIRO...a não ser que a sra já precise enterrar seu marido, não tenho como lhe ajudar.

#pronto falei! Tem gente que é mesmo um "pé no saco". Se não aprendem por educação, aprenderão pela falta de...

Boa segunda a todos



Leia mais...

15/08/2009

Ainda com muito medo da mídia

Não sei o que está acontecendo, acho que peguei o ônibus do mundo errado...acho melhor eu “descer”.


Alguns fatos que me chamaram a atenção essa semana:

1 – Festival de Gramado homenageando XUXA. Sim.....acho que deveria mudar de nome para Prêmio Contigo de Televisão em Gramado. Amo a Xuxa, sou um dos seus “baixinhos”, mas contribuição ao cinema não consigo me lembrar. Acho que faltei a essa aula. Daqui a pouco Mulher Melancia vai ganhar prêmio de Melhor Cantora e o Cigano Igor de Melhor Ator.

2 – Fazendo mesma analogia, Renato Aragão deveria ganhar o prêmio de Melhor Político, pq sabe fazer palhaçadas como ninguém.

3 – Assistí a um programa regional sobre Cibercrimes onde um Webdesigner falou sobre sites e um advogado sobre a eleição da OAB. E os cibercrimes? Acho que entendí errado...

4 – Tb assistí a um programa sobre Esquizofrenia onde a profissional que tirava dúvidas sobre sintomas não era nem psicóloga nem psiquiatra e não sabia sequer definir o que era. Não conseguia diferenciar sinais de sintomas......me perdí no meio.

5 – É por isso q eu assisto Panico na Tv, CQC e cia, pq se é pra ver bobeira, que pelo menos seja abertamente com esses objetivos. Chega de ver programas pretensamente sérios, com produtores que não conseguem elaborar uma pauta decente!

Do jeito que a coisa anda, com essa sociedade beirando a psicose, tenho algumas sugestões de prêmios e homenagens:

- MJ homenageado pelo seu conjunto da obra e vida, dedicado as criancinhas. Aliás, fiquei sabendo que seu corpo está em um freezer no cemitério. Acredito que tenha sido um “desejo” dele, assim, ele ficará “branquinho”, como sempre quis.

- Sarney indicado ao prêmio Nobel de Honestidade

- Britney ganhando o prêmio de “Mãe do Ano”

- A trilogia de Leona (aleijada hipócrita) sendo indicada ao Oscar de Melhor filme Estrangeiro – Qual o problema? Cinderela Baiana se candidatou uai!

- Paris Hilton será homenageada pelo conjunto da sua obra. Categoria?Futilidade

- Mulher Samambaia receberá o prêmio pelo melhor “insight” na televisão, quando declarou na Fazenda que tinha sido convidada apenas pelo seu corpo, e não pela sua inteligência.

E essa é a mídia que informa e alimenta nossos filhos e netos. E essa mídia que informa as novas gerações. É por isso que eu tenho MEDO (a la Christian Pior) do que vai acontecer daqui a alguns anos.

Leia mais...

14/08/2009

Era uma vez....

Toda fábula começa com esta frase, mas nem toda termina com “e foram felizes para sempre”.

Esta que contarei ainda não teve um final, e nem deverá ter em curto prazo. É contínua e vêm acontecendo há quase meio século. Somente nossos bisnetos saberão como terminará tudo isso.

Reza a lenda que uma famosa escola brasileira foi criada há alguns anos. Instituto Brasileiro de Orientação Profissional e Educacional (IBOPE). Para ingressar sempre foi algo disputadíssimo, com necessidade de grandes conhecimentos, especialmente em teoria política e apadrinhamento. Ao longo dos anos, muitos e muitos jovens foram inscritos e ingressaram nesta escola.

Por ser “diferente”, possuí um método de avaliação contínua, diária, minuto a minuto. As provas não são realizadas individualmente, mas sim, em grupos. Mais do que natural que as “patotinhas” famosas em todas as escolas, surgissem ao longo dos anos.

A primeira, mais forte e maior de todas foi criada por Gerson Luiz Osório Bragança Oviedo, e são mais conhecidos como G.L.O.B.O. Seu grupo sempre foi composto pelos mais descolados, mais talentosos, mais interessantes, etc. Sempre foi a “patotinha glamourosa”. Todos queriam entrar nela e fazer parte desse grupo seleto. Sempre obtiveram melhores pontuações nas gincanas diárias, tirando quase sempre o primeiro lugar. Entrar nesta patota exigia muito “conhecimento” e se manter, muito talento e esforço.

Outras patotinhas surgiram, claro, mas nunca com força suficiente para competir com a turminha de “Gerson”. Uma delas, liderada por Marcos Almeida Nascimento Conrado Honofre de Estêncio Tito Esperança (M.A.N.C.H.E.T.E) acabou se desfazando ao longo dos tempos. Sem dinheiro para financiar os projetos da feira de ciências, e nem as camisetas de seus integrantes, acabou sendo desmembrada. Muitos saíram da escola, e outros, mudaram de patotinha.

Bruna Almeida Nogueida Dantas (B.A.N.D) sempre teve sua participação, contribuíndo com alguns diferenciais, mas não ameaçando diretamente a turminha de Gerson. A turma mais nova é a de Renata de Tramonte Vonato (Re.De T.V.), que inovou com um estilo diferente, tecnologia diferenciada, mas também sem ameaçar a Gerson.

Porém, nos últimos anos, essas provas e competições diárias comecaram a esquentar. Correndo por fora, Renato Escolato Carneiro (R.E.C) comecou a investir em seu grupinho e ganhou novos adeptos. Conseguiu convencer vários integrantes do grupo de Gerson a se juntarem a eles. Foram investimentos milionários, feitos pelo pai de Renato, alguem muito poderoso financeiramente e politicamente. Isso comecou a incomodar Gerson.

Passados mais alguns anos, o grupo de Renato se tornou uma ameaça CONCRETA a Gerson, pois não apenas “tomou” alguns participantes, como também conseguiu algumas exclusividades com a direção geral de eventos. Sim....Renato conseguiu entradas exclusivas para seus amigos para eventos esportivos muito importantes pelo mundo todo. Gerson viu tudo isso calado, não demonstrando sua ira.

Quando a turma de Renato conseguiu vencer a turminha de Gerson em algumas dessas competições, especialmente na feira de ciências (horários nobres) aí a coisa pegou fogo. E fogo mesmo....fogo cruzado, chumbo grosso.

A porradaria começou no pátio do Instituto, e como não há direção e fiscalização, a coisa vêm se esquentando a cada dia. Gerson acusa o pai de Renato de falcatruas com dinheiro, metendo religião no meio. Opa...alerta.....com religião e mãe dos outros não se brinca. O pai de Renato levantou seus fiéis e a briga agora se expandirá para fora dos muros do Instituto.

O circo está armado. Hoje, no pátio dessa escola, sobram acusações, calúnias, pancadaria. Cada grupinho usa as armas que têm e as “AULAS” foram suspensas. Antes dessa confusão, o assunto mais comentado na escola era sobre um grande diretor local estava sendo acusado de muitas coisas, mas no momento, nada pode ser feito, pois toda a atenção está voltada para esta briga de gangues de escola, no meio do pátio, que pelo visto, durará por alguns dias.

Só nos resta então, optar por acompanhar os alunos da Tv a Cabo, que pelo menos, não se metem nessa briga, que de “imparcial” nada tem.

Leia mais...

13/08/2009

Good Morning

Acordar de bem com a vida e com bom humor não é "coisa pra todo mundo".

Com crise financeira, estressse e corre-corre dos dias de hoje, muitas vezes nem "acordamos". Apenas pulamos da cama e mecaninamente damos continuidade a nossa programação mental matinal.

Passados alguns minutos, acho que nosso psiquismo consegue entender que foi abruptamente retirado de um estado tão prazeiroso quanto o sono e sonhos (ah...Freud!!!).

Eu mesmo, só "acordo" quando adentro o local de trabalho. Até chegar aqui todo o procedimento é tão mecanizado que a mente chega a ficar "vazia".

Pra mudar isso, achei uma maneira interessante....ouvir músicas e ver vídeos que me animem logo cedo, assim, já pelo menos tento comecar o dia com um bom humor. Uma coisa meio "Ana Maria Braga" mesmo....

Um deles é este, do filme HairSpray.....deixo a dica:


video

Leia mais...

11/08/2009

Reality shows


Ontem estava flickando com o controle remote e comecei a perceber a imensa quantidade de reality shows que estão no ar no momento. Tem reality pra tudo: cabeleleiros, modelos, estilistas, familias, tatuagens, demolição de casas, decoração, roupas, plásticas, cantor, ator, dançarinos, diretores, popstar, semi-celebridade, wannabes, crianças, etc, etc, etc. O que move esse interesse quase mórbido pela vida dos outros pode ser analisado pela Psicanálise, mas esse não é meu objetivo nesse blog.

Acabei lembrando do famoso “Show de Truman” e tô esperando o dia que vão lançar esse programa na televisão. Enquanto isso, pensei em algumas idéias de programas novos, já que os atuais estão meio repetitivos.

- Brazils Next Anorexic Girl – Depois de assistir a primeira temporada e ver uma moça ser chamada de “gorda”, mesmo não o sendo, parei de assistir o “outro” programa. Acho que o próximo passo será colocar 12 meninas em uma casa, somente com alfaces e ver qual delas perde peso e fica doente até o final do programa. Em caso de falecimento, a candidata estaria automaticamente eliminada do programa (dã) e sua família não receberá o prêmio.

- O Circo – Já que colocaram algumas “celebridades” em uma fazenda, que tal colocar outros em um circo? Sim..aquele q conseguir se tornar o melhor PALHAÇO até o final e enganar o público, ganha.

- Pizzaria – Este seria somente para políticos. Seriam confinados em uma pizzaria, com acesso a Internet, telefonia, e toda tecnologia possível. Aquele que conseguir fazer mais falcatruas eroubar, ganha o programa no final. Mas...não pode deixar pistas. O vencedor terá todos os processos éticos arquivados.

- Trânsito muito louco – Pegue 12 celebridades e as empregue como motoristas de ônibus ou taxista, em cidades como São Paulo. Elas ficariam

confinadas em uma casa e só podem sair para trabalhar. Com o nível de estresse que o trânsito tem causado, quem surtar POR ÚLTIMO, ganha, além do prêmio, uma internação gratuita.

- Geração Fast Food – Façam como o documentário. Coloquem 12 crianças em uma casa comendo somente fast food e vejam como ficarão obesas. A que tiver a PIOR avaliação de saúde no final, ganha além do prêmio em dinheiro, fast food para o resto da vida grátis, da empresa patrocinadora.

- Fanáticos religiosos – selecionem 12 fanáticos religiosos, de seitas e religiões diferentes. Confine eles em um espaço pequeno, cheio de câmeras. Crie situações de catástrofes e de tensão limite. No final, aquele que tiver convertido mais “fiéis” a sua religião, ganha! Além do prêmio em dinheiro, ganhará um templo só para sí, e fundará sua própria igreja.

- Telemarketing muito louco – coloque 12 atendentes de telemarketing em uma sala. Todos os dias eles terão um numero X de ligações para fazerem, sempre estando pentelhando, estando incomodando, estando sendo inconvenientes, estando sendo mal educados, estando desrespeitando a privacidade dos clientes, etc. Ao final do dia, soma-se o tempo que conseguiram manter os clientes na linha, até irritá-los ao máximo. Ao final do mês, transforme o tempo em pontos e o candidato com maior pontuação ganha um prêmio e um cargo de chefia em uma dessas operadoras de cartão de crédito – patrocinadora do programa.

Porn Star - Acho que o público masculino também merece algo importante e bem feito. 12 atrizes pornôs poderiam participar de um programa. Elas ficam em uma casa e recebem aulas de tudo qunto é tipo. Há uma prova semanal e as mais fracas vão para o paredão. Com o vídeo da semana, o público escolhe quem fica. Tudo mostrado, nos mínimos detalhes. A vencedora leva o prêmio e uma plástica vaginal

Leia mais...

10/08/2009

Janeth....I'm Stuck

Depois do episódio de ontem com meu vizinho, pra comecar a semana de bom humor.


Ví a chamada no site o uol e fui ver o vídeo...

O mais interessante são as falas desse diálogo.

- Gordinho: Janeth.... stop it....stop it...stop it....I"m falling........I'm Stuck......this hurts
e as respostas

- Janeth: ahauhauha hihihihih ahuahauhaua hihihihiihhi ahauhauha


video

Leia mais...

09/08/2009

Essas coisas só acontecem comigo…


Bom..passei meu primeiro dia dos pais em local maravilhoso, com muita água de côco, peixe, churasco, amigos e parentes. Cheguei de noite e depois de todo o procedimento normal (comida cachorros, filhotes, passeio, banho filho, jantar, colocar pra dormir, etc etc etc), resolvi sentar na varanda para fumar meu cigarro, depois de um longo e gostoso banho. Claro que já estava com parte do meu pijama, esperando o Pânico na tv começar.

Antes disso preciso comentar. Sempre que entro online eu vou direto no Twitter e no Blog da @Rosana, que eu sempre menciono aqui. Postei no twitter algo engraçado que acontecera comigo e fui ler as Twistorias, que eu fiquei viciado de tão bom e engraçado. (http://queridoleitor.zip.net/)

Quando lí a 09, sobre vizinhos, não me aguentei e me mijei de rir, e tive que postar aqui o que me aconteceu hoje a noite e que eu havia postado no twitter. Até agora já ví o vídeo da @rosana umas 3x e me lembrando do que aconteceu, não consigo evitar as gargalhadas....

Bom....estava eu então na varanda fumando meu cigarro e escutei um barulho de cachoeira. Moro no primeiro andar e quando olhei, meu vizinho de “cima” estava fora de um táxi mijando na entrada do prédio. Estava cambaleando e nitidamente com teor alcólico bem alto. Achei que tinham me dado cogumelos no almoço comemorativo. Chamei a vizinha de porta para ser testemunha, pois é claro, conversaria com a síndica depois.

Alguns bons minutos depois, ele continuava tentando abrir a porta do prédio e eu e a vizinha resolvemos colocar o assunto em dia. Mais de 30 minutos depois, escuto um gato miando na minha porta. Abrí e o gato do tal vizinho estava mesmo lá e um som alto vinha do andar de cima. Achei que era Bruno e Marroney (ou sei lá o nome deles) e olhei estranhamente para a vizinha.

Decidi então levar o gato até ele, pois havia fugido. Quando chegamos no andar, a porta do apto estava escancarada e de dentro vinha a tal música alta. Olhei para a vizinha e como ação natural, toquei a campanhia. Nada acontecia. Batí na porta, chamei “viziiiiiiiiiiiiino” (não sei o nome dele) e nada aconteceu. Televisão ligada, som alto, ventilador ligado, casa toda acessa. Olhei para a vizinha de camisola e não entendemos nada.

Na hora pensei que ele poderia ter batido a cabeça ou se machucado e entramos no apto. Não havia ninguém. Nos olhamos e saímos correndo, pensando que ele tivesse caído pela jalena. Eu olhei pela varanda do meu apto e ela pela área de serviço. Nem sinal dele. Ficamos alguns bons minutos pensando se ligaríamos para a emergência ou para a polícia, pois afinal, não havia “corpo”, apenas um “desaparecimento”.

Alguns outros bons minutos depois, vímos ele cambaleando pelo condomínio, com uma sacola cheia de cervejas, tentando mais uma vez abrir a porta do prédio, não percebendo que as chaves haviam ficado na porta de casa.

Ainda bem que é Domingo e pelo começo, essa semana vai ser estranha!

abs

Leia mais...

08/08/2009

O Twitter é útil

Acho que esta é a minha versão para o que acontece nesse vídeo.

Esse pobre rapaz deve ser cliente dos serviços que reclamei no post.

Não deve ter conhecimento da minha versão offline do twitter.

E como diz minha avó: "menta parada oficina da " @nairbelo" (do twitter risos)

Ele não tinha o que fazer quando serviço de Internet caiu e deu nisso: merda.

Viu como o Twitter tem utilidade publica?

Potanto, não se desespere. Use a verão offline. Milhares de carros já foram salvo.

ps: Eu escreví esse post quando minha conexão caiu. Não desci pra tentar o mesmo por causa da minha altura. Não conseguiria nem em um velocípede.


video

Leia mais...

Medo de Dentista é coisa de velho


Medo do dentista, NUNCA mais

Se voce tem medo de dentista, chega de sofrer!

Se na nossa geração, tivéssemos essas mordomias, ninguém sentiria medo do "tsiiiiiiiiiiiii" daqula maniquinha.

Não se preocupe. Seus filhos não terão...

Agora, ir ao dentista vai ser motivo de comemoração.

ahahaha

ps: Viva a modernidade (e continue indo ao dentista) - rs


Nao consigo postar o vídeo, mas segue o link

http://www.youtube.com/watch?v=txqiwrbYGrs


Leia mais...

G.I. Joeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Antes de comentar sobre o filme, tenho um recado:

- A você, querida empregada doméstica, que em 1986 roubou minha coleção de bonecos dos Comandos em Ação, Thundercats e He-man: Vou procurar nos álbuns de fotos postar na Internet. "I will hunt you donw". Quero meus brinquedos de volta! (risos)

Bom....Sábado ensolarado, mais de 40C. Piscina em obras e sem muitas opções. Sobrou o cinema mesmo. Fui ver “G.I. Joe” por falta de opção, pois já havia visto todos os demais filmes em cartaz.

Este Blog para maiores de 18 anos!

PQP, KCT, #$%¨%$ que filme Bom! Tem coisa boa pra todos os gostos:

1 - tem mulheres boazinhas e malvadas, todas gostosas e com roupas apertadas

2 - tem mocinhos e bandidos, com galãs e comediantes

3 - tem romance e intrigas

4 - tem muita tecnologia, muita ação, muitos efeitos especiais

5 - tem um super enredo, com mistério e que te prende do início ao fim

Sinceramente...não sou fã de filmes do gênero, mas há tempos que não assistia algo tão bom assim. As cenas de ação são perfeitas, com lutas bem ensaiadas, efeitos de som e imagem. As cenas de perseguição e destruição em Paris fazem você levantar da cadeira e implorar para ter aqueles aparatos militares.

Quem gosta do gênero, assista.....não vou demorar muito pq vou preencher o application form pra me tornar um G.I Joe (rs)

abs

ps: cada vez que vou ao Cinemark, me surpeendo mais. Além de não ter lugares marcados em alguns locais (eita atraso), eles ainda são muito “amadores”.

Reparem que a sessão começaca as 11h55 am:

G.I. Joe - A Origem de Cobra

11h55 - 14h30 - 17h10 - 19h45 - 22h20

Cheguei as 11h30 e fui informado que a bilheteria só abriria as 12h. Achei estranho e fui dar uma volta. Ao retornar, era o primeiro da fila (claro...q outro idiota iria ao cinema as 12h...). O interessante foi entrar na sala de projeção e os trailers já estarem passando, já na metade. Sincronicidade total de atendimentos. #amadorismo nao!

Leia mais...

  ©Inconsciente Aberto - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo