Tecnologia do Blogger.

05/08/2009

Twitter versão Offline para clientes Net-irrita e Slowly




Semana passada eu rí muito, óbvio que pela proximidade do caso e desabafo, do post do @rosana sobre a Net. Você pode conferir ele no blog dela: http://queridoleitor.zip.net/

Rí muito pq eu tb sou cliente Net-Irrita. Sim...sou um daqueles que tomou um “combo” ao assinar o contrato por 18 meses e depois percebeu que a Internet é dos Flinstones. Primeiro pq o vendedor passou a “perna” em uma senhora idosa (que solicitou o serviço enquanto eu me mudava, para que pudesse já o ter funcionando ao chegar) e vendeu uma conexão bUnda larga de 100k. Sim. Não ria ou procure o dicionário. Um dia nos conectamos com modems a 14440, 28800 e 56000. Era o “must” e fazia um barulho engraçado.

Isso foi nos primórdios da internet e pra mim, conexão 100k vem depois disso. Achei que isso seria proibido legalmente. Seria como vender uma passagem de avião, que na verdade é de carroça.

Como uso conexão wireless obviamente tive que fazer o upgrade pra 1M. Acho que é um sorvete da @rosana já mordido. Imagine voce comprar um picolé, abrir ele e ter somente metade? Não tem muita graça. Ela até que funciona meia-boca, mas tem faltado as aulas ultimamente. Semana passada, por exemplo, algum técnico passou pelo meu prédio e teve um surto. Ou não gostou da placa do meu carro....ou até mesmo tava com raiva pq a esposa dormiu de calça jeans. Ele simplesmente cortou o cabo. Depois de 24h um novo rapaz arrumou. E 20 minutos depois, sumiu de novo. Abrí a porta correndo pra pegar o FDP cortando o cabo, mas era problema na rede.

Fui até o “poste” (mesmo..aqueles de eletricidade – eles ainda existem) e chamei o rapaz. Demorou e arrumou. Era troca de nao sei o que lá com a conexão de não sei quem, por não sei ainda. Pensei em voz alta “who gives the F$%¨”. É..falei em ingles mesmo para não ser mal educado, afinal, a culpa não era mesmo dele.

Aliás...vale mencionar que pago provavelmente o dobro ou mais do que qualquer leitor, pois o serviço aqui é vendido como com alta qualidade e eficiência (pensam que a carroça é turbinada) Simpatizo totalmente com os colegas de sampa, que tem problemas com o SLOWLY tb. Aquele serviço da empresa que tem um nome sem acento gráfico e fica engraçado (dãã)

Aí, nesses constantes momentos de reflexão quase diários que a Net-irrita me proporciona, pensei como seria o Twitter se não tivesse a Internet. Parece meio “falta do que fazer”, mas quando cortam seu telefone fixo, sua televisão a cabo, sua tv aberta tb não tem sinal (afinal, aquelas antigas antigas deveriam ser peças de museu), cortam sua internet, só sobra o celular. Nossa..é Tim-gana. Tb nao funciona muito bem e nos horários de “rush” ..quer dizer, ele não pega. Deve ter alguma relação com a falta do que fazer nos congestionamentos. Não sobra muita coisa pra fazer. Depois de um dia de trabalho e com os olhos cansados, leitura nem pensar. Resultado: pense em besteiras.

Achei uma maneira então de propor a todos os clientes que tenham problemas com a Net-irrita e com o Slowly, que usemos o twitter nessa versão offline. Basta copiar o arquivo e tirax xerox em várias folhas. Depois, corte direitinho e espere. Assim q seu serviço comecar a cair, voce passa a escrever e jogar pela janela do seu apto.

Voce vai jogando e pegando ao mesmo tempo. Pega o de alguém, lê, rí ou não e joga. Ou responde, joga pro outro. Faz tudo que fazemos no bate-bapo. De 30 em 30 minutos todo mundo desce e pega as mensagens que foram direcionadas a vocês, como resposta.

Acho super prático, educativo “exercitalmente correto” e um ótimo passatempo. É claro que esse arquivo horroroso foi feito no paint. O serviço não caiu hoje e não vou perder meu tempo precioso usando outra coisa. É pra ser rapido e mal feito mesmo.

Aliás...alerta a quem for brincar. A regra dos 140 caracteres fica mantida. Não vale burlar e escrever fora dos quadradinhos, senão, vai ser banido do jogo. Eu não perdí meu tempo contando na foto, mas não é pra ter mais de 140 catacteres. (meus óculos estão longe tb).

Pronto. Já que temos que conviver com esse tipo de serviço pobre, mal servido, mal atendido, mal tudo...pois existem apenas 2 ou 3 e nenhum deles é sempre satisfatorio, vamos seguindo, tentando nos divertir.

Agora, se você mora em casa....sorry.....sugiro então que vá para o primeiro semáforo e fique entregando seus tweets em papel para as pessoas que param o carro. O problema será conseguir ler as respostas depois. Mas, pelo menos, é algo para fazer.

[s]

1 comentários:

pessoaordinaria disse...

Rá! Moro em casa, vou pro sinal distribuir meus tweets. Mas acho q na minha cidade (no interior) sou o único twitter ativo, então tô fud...

Postar um comentário

Escreva o que quiser, mas lembre-se que não sou um vaso sanitário :)

  ©Inconsciente Aberto - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo